Custeio Alvo e sua Contribuição para a Implementação das Estratégias de Negócio de uma Subsidiária de Origem Asiática

Autores

  • Kelly Cristina Mucio Marques Universidade Estadual de Maringá
  • Welington Rocha USP

Resumo

O objetivo deste estudo é verificar de que forma a empresa utiliza o processo de Custeio Alvo (CA) e como ele a auxilia na implementação das suas estratégias. O método empregado foi o estudo de caso único. Para coleta de dados foram utilizou-se de pesquisa documental e de entrevistas semi estruturadas. Para fundamentar a análise foram utilizadas três tipologias de estratégia: a de Porter (1992), de Miles e Snow (2003) e de Gupta e Govindarajan (1984). Como resultado o estudo evidenciou que a empresa adota as estratégias defensora, mantenedora e de diferenciação e que o CA é usado para fornecer informações para planejamento de lucro e controle rígido de custos e implementação dessas estratégias. Conclui-se que não é possível estabelecer, a priori, correlações - biunívocas ou não - entre o uso de determinadas práticas gerenciais e certas posturas estratégicas sem se considerar a forma de utilização das informações – um achado importante. Outra conclusão é que o CA é compatível com posturas estratégicas conservadoras, como defensora e mantenedora, e que essa opção não conflita com a postura de diferenciação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-08-25

Como Citar

Marques, K. C. M., & Rocha, W. (2015). Custeio Alvo e sua Contribuição para a Implementação das Estratégias de Negócio de uma Subsidiária de Origem Asiática. Journal of Accounting, Management and Governance, 18(2). Recuperado de https://revistacgg.org/contabil/article/view/905

Edição

Seção

Articles