Associação entre a Distribuição do Valor Adicionado e a Identidade do Acionista

Autores

  • Patrícia Augusto Monteiro Lima Universidade Federal do Ceará
  • Alan Diógenes Góis Universidade Federal do Ceará
  • Márcia Martins Mendes de Luca Universidade Federal do Ceará

Resumo

O estudo tem por objetivo analisar a associação entre a distribuição do valor adicionado e a identidade do acionista majoritário nas empresas listadas na BM&FBovespa. Foram utilizados dados do exercício de 2012 de 435 empresas, aplicando-se a Análise de Correspondência. Constatou-se que: i) a distribuição do valor adicionado é maior para os proprietários, em todos os setores, exceto Petróleo, Gás e Biocombustíveis e Tecnologia da Informação; ii) há grande presença de empresas com acionista majoritário identificado como familiar, em todos os setores, exceto Utilidade Pública; iii) empresas com identidade do acionista majoritário do tipo estatal apresentaram maior valor adicionado para todos os destinatários (empregados, governo, financiadores e proprietários); iv) empresas com acionista majoritário identificado como institucional apresentaram distribuição baixa entre todos os destinatários; v) empresas com acionista majoritário do tipo familiar mantiveram distribuição média para os empregados, governo e financiadores; vi) empresas com identidade do acionista majoritário identificado como estrangeiro apresentaram maior distribuição para financiadores e proprietários e distribuição baixa para governo e empregados. Pode-se concluir que a identidade do acionista majoritário está associada à distribuição do valor adicionado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-11-17

Como Citar

Lima, P. A. M., Góis, A. D., & de Luca, M. M. M. (2015). Associação entre a Distribuição do Valor Adicionado e a Identidade do Acionista. Journal of Accounting, Management and Governance, 18(3). Recuperado de https://revistacgg.org/contabil/article/view/824

Edição

Seção

Articles

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)