Análise dos Determinantes do Disclosure Verde em Relatórios Anuais de Empresas Listadas na BM&FBOVESPA

Autores

  • Luiz Henrique Figueira Marquezan UNIFRA - Centro Universitário Franciscano
  • Rosane Maria Seibert Professora, vinculada a URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas e Ao PPG de Gestão Estratégica de Organizações
  • Daniel Bartz Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS
  • Marco Aurélio Gomes Barbosa Professor do Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (ICEAC) da Universidade Federal de Rio Grande - FURG
  • Tiago Wickstrom Alves Professor Titular da Escola de Gestão e Negócios da UNISINOS

Resumo

O objetivo deste estudo é identificar os determinantes da evidenciação ambiental pelas organizações. Para tanto, selecionou-se uma amostra de organizações listadas na BM&FBovespa, classificadas nos níveis de alto, médio e pequeno impacto ambiental, conforme Lei nº 10.165/2000. Para a construção da variável dependente, procedeu-se a uma análise léxica utilizando um conjunto de expressões referentes ao disclosure verde. Na sequência, as hipóteses de Murcia, Fávero, Rover, Lima, & Lima (2008) e outras duas foram analisadas. Por meio das análises de conteúdo e léxica, os resultados apontaram as palavras e composição de expressões mais utilizadas e associadas entre si e os níveis de disclosure verde das organizações. Pela análise de regressão buscou-se confirmar as hipóteses desenvolvidas. Alguns determinantes foram confirmados, porém, problemas de heterocedasticidade e não normalidade da distribuição dos resíduos inviabilizaram o teste de hipóteses. Tais resultados sugerem que os problemas identificados nessa pesquisa podem não ter sido considerados por Murcia et al. (2008), uma vez que não foram mencionados. Assim, há uma recomendação de novas pesquisas com discussões adicionais sobre novas variáveis para identificar os determinantes do disclosure verde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Henrique Figueira Marquezan, UNIFRA - Centro Universitário Franciscano

Contador, graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-2004), Especialista em Controladoria e Finanças (UFSM-2005) e Mestre e Doutorando em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS-2012), na linha de pesquisa Controle de Gestão. Atua profissionalmente como consultor na empresa D&F Consulting, nas áreas de Controladoria e Planejamento e como Professor de Gradução no Centro Universitório Franciscanos (UNIFRA). Possui experiências em contabilidade, implantação de sistemas de custeio e contábeis integrados, custos, orçamento empresarial, rolling forecast, análise das demonstrações financeiras e projetos de viabilidade econômica.

Rosane Maria Seibert, Professora, vinculada a URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas e Ao PPG de Gestão Estratégica de Organizações

Doutoranda em Ciências Contábeis pela UNISINOS Mestre em Administração pela PUC/RJ Vinculada a URI - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas e Ao PPG de Gestão Estratégica de Organizações

Daniel Bartz, Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS

Doutorando em Ciências Contábeis pela UNISINOS Mestre em Ciências Contábeis pela UNISINOS

Marco Aurélio Gomes Barbosa, Professor do Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (ICEAC) da Universidade Federal de Rio Grande - FURG

Doutorando em Ciências Contábeis pela UNISINOS Mestre em Ciências Contábeis pela UNISINOS Professor do Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (ICEAC) da Universidade Federal de Rio Grande - FURG.

Tiago Wickstrom Alves, Professor Titular da Escola de Gestão e Negócios da UNISINOS

Doutor em Economia pela UFRGS Professor Titular da Escola de Gestão e Negócios da UNISINOS

Downloads

Publicado

2015-04-30

Como Citar

Marquezan, L. H. F., Seibert, R. M., Bartz, D., Barbosa, M. A. G., & Alves, T. W. (2015). Análise dos Determinantes do Disclosure Verde em Relatórios Anuais de Empresas Listadas na BM&FBOVESPA. Journal of Accounting, Management and Governance, 18(1). Recuperado de https://revistacgg.org/contabil/article/view/806

Edição

Seção

Articles