A Relação Entre a Governança Corporativa e o Desempenho Econômico-Financeiro de Empresas de Capital Aberto do Brasil

Autores

  • Anderson Catapan Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Romualdo Douglas Colauto Universidade Federal do Paraná
  • Cláudio Marcelo Edwards Barros Universidade Federal do Paraná

Resumo

A Governança Corporativa representa um conjunto de mecanismos que ajuda os acionistas a melhorar os retornos sobre os capitais investidos e a diminuir os conflitos de interesse entre administradores e acionistas. Neste contexto, o estudo objetiva verificar o efeito da Governança Corporativa sobre variáveis de desempenho de natureza contábil e de mercado, em empresas brasileiras de capital aberto, no período de 2008, 2009 e 2010. Para mensurar o nível de Governança Corporativa, utilizou-se instrumento proposto por Carvalhalda-Silva e Leal (2005). Utilizam-se quatro constructos que compõem o instrumento; destes, somente o que se refere ao Direito de acionistas mostrou resultado satisfatório do Alfa de Cronbach (em torno de 0,830). Os resultados não indicam efeito estatisticamente significativo do Índice de Governança Corporativa sobre todas as variáveis de desempenho, cuja explicação pode estar associada ao instrumento de pesquisa proposto. A contribuição desta pesquisa concentra-se em mostrar indícios que explicam possíveis divergências entre resultados de pesquisas nacionais em relação às internacionais sobre a associação da governança e medidas de desempenho organizacional. Palavras-chave: Governança Corporativa, Desempenho, Confiabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-08-30

Como Citar

Catapan, A., Colauto, R. D., & Barros, C. M. E. (2013). A Relação Entre a Governança Corporativa e o Desempenho Econômico-Financeiro de Empresas de Capital Aberto do Brasil. Journal of Accounting, Management and Governance, 16(2). Recuperado de https://revistacgg.org/contabil/article/view/467

Edição

Seção

Articles